“A pintura é uma gravação da emoção” Edward Hopper
Seção > Artistas > Claudio Jahba

http://www.artbizshopping.com.br/data/arquivos/downloads/Claudio%20Jahba.jpg

Claudio Jahba

Seu amor pela arte começou, antes mesmo que ele soubesse o que era isso, pois o avô  ia  pescar na represa de Guarapiranga e levava o neto, que não gostava de pesca. Porém, ele ia para acompanhar o avô e ficava admirando a paisagem, o por do sol, as pedras, a água . Ele pegava a argila (barro) branco ou negro da beira   da represa e modelava criando formas e , como era brincadeira, ele deixava lá mesmo. Ele encontrava galhos com formatos diversos  e imaginava que eram pássaros, nuvens e, sem valorizar  o que era, deixava lá.

Entre a infância e os 30 anos de idade  trabalhou como eletricista, Office boy, motorista, auxiliar de cozinha, ambulante, ajudante geral, carregador de sacolas de  feira, e entalhador em madeira. Participava nessa mesma época em teatro amador,  em dança Afro, até que um dia resolveu fazer um curso de cerâmica, próximo de onde morava, com a ceramista Mayy Kofler. Nesse curso aprendeu a trabalhar com fornos de cerâmica e a moldar.

Após concluir o curso, ele ficou por um tempo sem rumo  e depois de uns 6 meses tomou coragem e conseguiu uma bolsa no MUBE (Museu Brasileiro de Escultura) para fazer aulas de cerâmica com Ana Ayres, e depois com Sylvia Bock. Mais tarde, lá mesmo,  tomou aulas de pintura em cerâmica com Eliana Tsuru e depois desenho para escultura sob orientação de Cirton Genaro, que o incentivou a estudar esculturas com Luiz Bayon. Ficou sendo auxiliar de escultura do Prof. Bayon e aprendeu muito, preparando material para outros alunas. Com o Prof. Bayon ele aprendeu a usar ferramentas para entalhar madeira e pedra. Depois de 4 anos, enquanto ajudava  a Prof. Angela Bassan aprendeu a fazer o acabamento das esculturas.

Em 2007 participou pela primeira vez de uma exposição coletiva – Manifestações IV – Revelar, organizada pelo MUBE,  com uma escultura de cerâmica – O Povo de Kau.

 Foi convidado também para participar no evento do ano seguinte, 2008 -  – Manifestações V – Hibridismo com uma escultura em terracota representando uma fonte – Baobá.

 Em Julho de 2011 participou da exposição coletiva organizada pelo Prof Luiz Bayon – Símbolos Urbanos – no Prédio Histórico dos Correios em São Paulo, com 3 peças em resina.

Em Novembro de 2012 expos na coletiva – È Tudo Nosso – organizada por Danilo Blanco e Fernando Zelman.

Foi selecionado para participar do 25º. Salão de Arte da Associação Comercial de São Paulo – Pinheiros  em 2012, com a escultura em concreto Ximpa.

A Caixa de Pandora foi uma exposição organizada pelo MUBe, em Dezembro de 2012,  na qual partiipou criando uma peça com o material fornecido pelos organizadores (igual para todos os participantes). A exposição iniciou no MUBE mas continua até hoje como exposição itinerante.Em Agosto de 2013 participou da XXVII Mostra de Arte da Granja Viana, organizada por Vera Bekin,  com uma escultura em resina e uma em pedra sabão.

Em Setembro de 2013 expos 2 peças – uma em resina e uma em concreto, no evento 3D, no espaço Mercearia São Roque, do Black Linhares, organizado pelo Prof. Bayon.
Participou de um Leilão Beneficente em Outubro de 2015 onde foi um dos artistas cuja escultura foi disputada e vendida.

Durante esses anos  fez  diversos cursos e assistiu palestras como –  Transformando a Cidade por sua Criatividade, com a conferencista britânica Anamaria Wills, em Janeiro de 2012. Demonstração em Instrumentos feitos em cerâmica – Udu, Marimba,Apito e demonstração em torno  em Agosto de 2011, no CONTAF – Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo. Participou também de um curso de Cultivo de Orquídeas.  Em 2013 fez um curso sobre Interferências em Fotos com a Prof. Erika Vogel.

Desde 2012 trabalha também como Assistente de Expografia em Mostras de Artes Visuais e transporte de obras de arte, tendo ajudado os organizadores de diversos eventos como a exposição de Bia Black no Clube Paineiras do Morumbi; Luiz Bayon para Margarita Farré no  Shopping Tatuapé; Grupo 218 para Vera Bekin no Esporte Clube Pinheiros; Coletiva 218 no Atelier Bia Black; Milena  na Casa Galeria de Arte durante 3 eventos; para Carlos Augusto de Almeida em 3 eventos na Biblioteca Mario de Andrade em  Santo Amaro;  para o  APAP no MUBE; na Bienal no stand da Alma do Mar para  Eliana Tsuru; na Galeria Alma do Mar na Coletiva organizada por Paco de Assiz e também no Shopping Villa Lobos numa exposição  coletiva organizada para Paco de Assis, entre outros.

  • Claudio Jahba - Emoção
  • Obra: 1313
  • Escultura em Bronze - 2011

    20cm x 17cm x 10cm

    PROMOÇÃO EM DOBRO:

    Compre com DESCONTO !

    Pague em 10 PARCELAS de R$110,00 sem juros !

  • De: R$ 1.500,00
    Por: R$ 1.100,00
Receba nossa newsletter
Com ótimas ofertas, dicas e novidades.

Artbiz Shopping
São Paulo - Brasil
Televendas: (11) 9 6061-6190.

-->
Powered by